top of page
Buscar
  • Foto do escritorFernanda Souza Damaceno

Jogos como recurso de aprendizagem

Os jogos são grandes aliados da psicopedagogia quando o assunto é estimulação. Físicos ou virtuais eles conseguem despertar o interesse das crianças e melhorar o vínculo com o processo de aprendizagem de forma lúdica sem que elas percebam que os mesmos são usados com instrumentos de estimulação e intervenção.


Para nós terapeutas da área de intervenção, (re)habilitação e estimulação cognitiva a escolha do jogo para uso com o nosso cliente não é aleatória. Eles são selecionados de acordo com as habilidades que ele demanda, sejam elas cognitivas, emocionais, motoras, pedagógicas ou outras. Lembrando que todas essas habilidades são avaliadas antes do início das intervenções.


A partir dos jogos é possível desenvolver muitas habilidades como, por exemplo, discriminar objetos, identificar e classificar conceitos, levantar problemas, aplicar regras e resolver problemas, dentre muitas outras. É através do desenvolvimento destas e outras habilidades que é possível consolidar a construção e a estruturação contínua dos processos mentais fundamentais para o desenvolvimento cognitivo.

Vale ressaltar que o uso de jogos na psicopedagogia é um ato planejado, estruturado e relacionado ao plano terapêutico da criança. Diferente disso, o jogar torna-se apenas um momento lúdico sem fins terapêuticos.

48 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page