top of page
Buscar
  • Foto do escritorFernanda Souza Damaceno

Psicopedagogia não é reforço escolar

O REFORÇO ESCOLAR trabalha com as dificuldades relacionadas à aprendizagem de conteúdos escolares que podem ou não serem sanados durante as aulas particulares. Ou seja, trabalha com o SINTOMA da dificuldade. Imagine o reforço escolar como um médico que trata uma febre simples (ex.: Dificuldade de aprendizagem por metodologia inadequada) que sara com a intervenção ou um uma febre complexa (Transtorno de aprendizagem com prejuízos cognitivos) que não sara, pois não se sabe exatamente a causa para poder tratá-la efetivamente.

Já a PSICOPEDAGOGIA trabalha com dificuldades relacionadas às habilidades que estão em defasagem e que comprometem a aprendizagem. Assim sendo, trabalha com a CAUSA. Imagine a Psicopedagogia como um médico que recebe o paciente com febre e que busca a causa para tratá-la definitivamente. Por isso, é muito importante a avaliação Psicopedagógica para verificar o tipo de dificuldade apresentada pelo indivíduo bem como as causas e o olhar aprimorado do professor de Reforço para observar se a evolução do caso depende do encaminhamento para a Psicopedagogia. Lembrando que em boa parte dos casos a associação dos dois atendimentos e a interdisciplinaridade entre ambos profissionais conduz o indivíduo à superação das dificuldades em menor tempo e com melhor qualidade.


12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page